Dupla ataca o Destacamento Militar de Lavras da Mangabeira e um acusado foi preso


Ataque ao destacamento de Lavras da Mangabeira causou danos materiais (Foto: Reprodução/Redes sociais)


Dois jovens armados em uma moto de cor escura efetuaram disparos em via pública por volta das 18 horas deste domingo perto do posto de combustível Padre Cícero em Lavras da Mangabeira quando fugiram na direção do Distrito de Arrojado. Uma patrulha da PM foi ao local e não demorou para ser avisada de idêntico atentado no Destacamento Militar da cidade.

Ele atiraram na lateral do prédio e quebraram a vidraça da porta de acesso como se a intenção fosse adentrar na unidade militar o que não ocorreu já que, ao ouvir o barulho, o permanente atirou e os acusados fugiram. Imediatamente foi acionado um reforço com viaturas de Granjeiro, Força Tática de Icó e Baixio, além do BOPE de Cajazeiras (PB) os quais saíram em diligências à procura da dupla.

Cerca de duas horas depois denúncias anônimas apontavam a identidade dos suspeitos quando Adson Machado Férrer, de 25 anos, foi abordado em frente à sua residência. Ele não só se recusou a ir até à Delegacia de Polícia Civil, como passou a ameaçar e desacatar os policiais recebendo voz de prisão. Como resistiu, os PMs tiveram que fazê-lo à força e se utilizando de algemas.

Segundo a polícia, familiares de Adson o acompanharam demonstrando indignação com a prisão chegando a criar transtornos em frente à Unidade Policial. O seu irmão, Alexandre Machado Férrer, de 19 anos, também foi preso por desacatar os policiais e teve que ser algemado quando ambos terminaram conduzidos à Delegacia Regional de Polícia Civil de Icó. O segundo suspeito do ataque foi identificado como sendo o adolescente de iniciais D. S. B. S., de 17 anos.

Na noite do último dia 29 de outubro, na Rua Luiz Jacinto em Lavras da Mangabeira, Adson pilotava uma moto Honda Bros KS de cor laranja e desobedeceu a ordem de parada dada por uma patrulha da PM. Na tentativa de fuga colidiu na viatura e os policiais encontraram com o garupeiro Willyan Vieira Machado um revólver calibre 32 com capacidade para seis cartuchos.




Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.