Energia elétrica está até 7,96% mais cara desde ontem no Estado do Ceará


Energia está mais cara desde ontem no Estado (Foto: Reprodução)


A conta de energia no Ceará já está mais cara desde ontem (22). O reajuste médio, aprovado na semana passada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), é de 4,96% para os consumidores da Enel Distribuição Ceará. Para consumidores residenciais (baixa tensão), a alta será de 3,80% e para a indústria (alta tensão) de 7,96%. Dentro das expectativas, o resultado para o Ceará ficou abaixo do reajuste médio previsto para o Brasil neste ano que, segundo estimativa da Aneel, deve ficar acima de 10%. Para o consumidor residencial e residencial de baixa renda (classe B1) o reajuste da Enel é de 3,70%, o menor entre todas as 16 distribuidoras que já tiveram seus reajustes homologados pela Aneel.

Até agora, o maior reajuste na classe B1 foi de 21,44%, da distribuidora Ampla, do Rio de Janeiro. Neste ano, a agência ainda irá homologar revisões e reajustes de outras 47 distribuidoras. No Nordeste, além da Enel, a distribuidora EBO (PB) já teve reajuste homologado, com alta de 16,85% na classe B1. A Aneel definiu revisões tarifárias da Coelba (BA), alta de 17,22%; da ESE (SE), elevação de 9,78%; e Cosern (RN), com 14,81%.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.