Mulher tem faca cravada no rosto durante ataque de ex-namorado


Homem é suspeito de esfaquear ex-namorada em Vespasiano, na Grande BH (Foto: Reprodução)


Uma mulher ficou gravemente ferida depois de ser esfaqueada na noite deste domingo (29) em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), o suspeito do crime é o ex-namorado dela, que foi preso.

Depois de ser agredida com vários golpes, Juliana dos Santos Lima, de 32 anos, ficou com a faca alojada no rosto. Ela foi ferida no nariz e uma das facadas passou perto do olho esquerdo. Durante a madrugada, a mãe dela aguardava por notícias na porta do hospital. “Me contaram que ela tinha levado as facadas e que ela estava sangrando muito”, disse Suely dos Santos Lima.

Dona Suely contou que a filha estava voltando do trabalho e foi surpreendida pelo ex-namorado – Gilcimar Santos Ferreira, de 37 anos – que estava escondido atrás de um ônibus em uma avenida da cidade.

“Ela só não morreu porque ela deu muito chute nele. Ela veio conversando comigo do Risoleta até aqui no João XXIII, me contando. Não deu pra ‘mim’ ver, mas eu conversei com a mulher que veio me acompanhando junto com ela. Ela falou que ela levou facada no braço, na perna. Não sei quantas, eu creio que não foi pouca porque do jeito que ela falou as pernas estão doendo, né”.

A mulher foi socorrida pelos próprios militares. “Ela gritava bastante e não conseguia falar muita coisa sobre o fato. A viatura se prontificou a fazer o socorro imediato – porque a situação dela exigia – e levou para o Risoleta Neves”, disse o tenente Valmir Alves Barbosa.

Segundo a PM, pessoas que passavam pela avenida acharam que a mulher, na verdade, tinha sido vítima de um assalto. Elas ligaram para a polícia e tentaram segurar o homem até a chegada dos militares, mas ele conseguiu fugir.

A família informou que ele e Juliana namoraram por cerca de cinco meses e o rapaz não aceitava o fim do relacionamento. A mulher, inclusive, chegou a ser ameaçada.

“Ela reclamou com as colegas dela, alguém que ela tem assim intimidade, né. Mas comigo mesmo ela não revelou”, falou a mãe.

Ele também teria alugado uma casa perto de onde ela mora com os dois filhos. “Na rua próxima viu, justamente para fazer a maldade. Isso aí ele não pensou de uma hora para outra não. Isso aí ele já estava planejando”.

No Hospital João XXIII, a vítima aguardava uma consulta com um oftalmologista. “E a minha preocupação é dela perder a visão. Menina nova, todo futuro pela frente”, desabafou a mãe.

O hospital não informou o estado de saúde da paciente.

Fonte: G1

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.