Presídio recém-inaugurado no Ceará tem primeira fuga em massa


Presos fugiram de uma unidade recém-inaugurada em Itaitinga. (Foto: Reprodução/ Tribuna do Ceará)


Um número ainda não estimado de presos fugiu da Unidade Prisional Professor José Sobreira de Amorim na madrugada desta sexta-feira (13).

O presídio foi inaugurado em novembro de 2017, em Itaitinga, com uma estrutura considerada “modelo” pelo Governo do Estado.

A Secretaria da Justiça do Ceará (Sejus), responsável pelo complexo penitenciário, afirmou, em nota, que os internos fizeram um buraco para chegar à área externa e, através de uma corda artesanal, escalaram a muralha.

O número de fugitivos ainda não é exato, mas, segundo a Sejus, não ultrapassa 35 internos. As diligências de recaptura estão em andamento.

Por ser um unidade prisional nova, algumas pessoas estão denominando o presídio como CPPL VI, mas a Sejus afirma que a denominação está incorreta.

Ao todo, são 600 vagas na unidade prisional, destinadas ao público masculino, numa área de 11.114,06 m², com investimento de aproximadamente R$ 24 milhões.

O prédio conta com setores administrativo, triagem, espaço de espera para visitantes, quadra polivalente, 12 guaritas, salas de aula, módulo de saúde, vivências, 14 celas exclusivas para dependentes químicos, alojamento de agentes, oficinas e espaços multiusos.

Tribuna do Ceará

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.