Sob pressão e com Barbieri em risco, Fla busca vitória fora contra Ceará


O interino Maurício Barbieri não tem permanência garantida no cargo de técnico do Fla (Foto: Reprodução)


O Flamengo é uma autêntica panela de pressão. Com resultados ruins e um elenco cada vez mais cobrado pelo desempenho aquém do investimento, o Rubro-negro tem o desafio de tentar vencer o Ceará, neste domingo (29), às 16h (de Brasília), no Castelão.

O compromisso é válido pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro e pode amenizar ou piorar consideravelmente a situação do técnico interino Maurício Barbieri. A diretoria já busca um substituto no mercado, mas ainda respalda o profissional.

Os resultados ruins, no entanto, o colocam sob pressão. Segurá-lo no cargo se torna missão cada vez mais difícil para o presidente Eduardo Bandeira de Mello. Só vitórias e uma evolução do time podem garantir a permanência.

O problema é que o Flamengo não tem apresentado nada que anime o torcedor. A equipe não tem identidade e sofre com as cobranças. Em nenhum momento da temporada, o Rubro-negro se mostrou no rumo certo.

Apesar de tudo, os jogadores minimizam com frequência a performance ruim. Antes de se aposentar, o goleiro Júlio César falou em "tempestade em um copo d´água". Recentemente, o atacante Geuvânio seguiu o discurso.

"Acho que estão criando um clima muito pesado. Não perdemos ainda na Libertadores. Uma vitória e três empates. Temos um jogo com a nossa torcida. Isso será fundamental. Mas acho que não estamos na crise que todos estão falando".

CEARÁ X FLAMENGO

Data/hora: 29/04/018, às 16h (de Brasília)
Local: Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

Ceará
Everson; Valdo, Tiago Alves e Luiz Otávio; Arnaldo, Richardson, Juninho e Romário; Felipe Azevedo, Arthur e Wescley
Técnico: Marcelo Chamusca

Flamengo
Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Willian Arão (Everton Ribeiro), Lucas Paquetá, Diego e Vinicius Júnior; Henrique Dourado
Técnico: Maurício Barbieri.



Uol

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.