Após levante de caminhoneiros, prefeitos fazem defesa da democracia


Texto será divulgado nesta terça (29), num momento em que o movimento paredista prega abertamente intervenção militar (Foto: Reprodução/ Notícias ao Minuto)


Documento produzido pela FNP (Frente Nacional de Prefeitos) sobre o levante de caminhoneiros faz uma defesa da democracia e das eleições deste ano. O texto será divulgado nesta terça (29), num momento em que o movimento paredista prega abertamente intervenção militar.

"Prefeitas e prefeitos reiteram o compromisso com a democracia. A superação da crise passa, necessariamente, por eleições livres e diretas, respeitando a Constituição", diz a FNP.

A Frente também prega diálogo permanente entre governo federal, estados e municípios de forma institucionalizada. "A estreita interlocução entre as esferas de governo, com a participação de prefeitas e prefeitos, aproxima Brasília do Brasil", afirma.

"A FNP já se manifestou oficialmente contra o aumento da Cide sobre o diesel e a reoneração da folha de pagamento do setor de transporte público, pelos seus reflexos negativos na mobilidade urbana. A entidade tem apoiado, ainda, uma política de incentivo tributário a veículos elétricos para o transporte público."

A entidade pede a revisão da política de preços de combustíveis e cita a Petrobras. "Se por um lado subsídios elevados não se sustentam, por outro os preços tampouco podem flutuar automaticamente em função da variação das cotações do petróleo e do dólar", opina.

A Frente informa ainda medidas adotadas por alguns municípios, como a não aplicação de multa em situações decorrentes da crise, como pane seca e de permanência em filas para abastecimento. 

NoticiasaoMinuto

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.