Após morte de estudante, associações divulgam nota de repúdio


Viemos por meio desta NOTA DE REPÚDIO expressar a nossa indignação em relação as notícias promovidas pelo site Iguatu.net que vinculam manifestações religiosas de matrizes africanas, afrodescendentes e indígenas às práticas de magia, que levam a toda e qualquer violação aos direitos, a liberdade e a dignidade da pessoa humana. Por conseguinte, torna-se necessário salientarmos que as cotidianas suposições de que tais práticas e/ou rituais de magia não correspondem ao conjunto de normas, procedimentos étnicos e morais das religiosidades africana, afrodescendente e indígena - sejam elas do Candomblé, Ifá, Umbanda, Kimbanda, Jurema ou Omolocó -, uma vez que estas religiões não toleram, tampouco promovem ações e rituais de magias, bem como não aceitam o uso de substâncias psicoativas, tais como: o álcool, a maconha e a cocaína conforme vem sendo vinculado na mídia em relação ao “suposto” crime de homicídio perpetuado contra a Liderança do Movimento LGBT e do Coletivo Levante Popular na cidade de Iguatu/ CE JHEY OLIVEIRA.

Neste sentido, ratificamos a nossa total abjeção a estas atitudes, as quais geram o descrédito, a rotulação e a estigmatização das religiões nascidas no continente africano, promovendo assim, o racismo religioso e a discriminação de seus fieis e de suas práticas litúrgicas. Desta forma, finalizamos com a afirmativa de que as Religiões de Matrizes Africanas, Afrodescendentes e Indígenas não compactuam com violações de túmulos, violações de cadáveres ou qualquer outro ritual que assim o faça. Queremos ressaltar que os Terreiros trabalham na PROMOÇÃO DE SAÚDE, no tratamento espiritual e ancestral, que propicie QUALIDADE DE VIDA E VIDA PLENA a nossos filhos, filhas, irmãos, irmãs e consulentes que nos procuram. Destacamos que Religiões de Matrizes Africanas, Afrodescendentes e Indígenas têm como Cosmovisão a vida em sua plenitude e a relação dialógica com a natureza e seus elementos como: os rios, as plantas, as ervas medicinais, a terra, os frutos, dentre outros. Portanto não RECONHECEMOS quaisquer dessas práticas fora dessa Cosmovisão. 

Finalmente, ressaltamos que os Terreiros têm direitos e deveres na Lei brasileira e que seus fiéis são cidadãos e cidadãs que cumprem com responsabilidade ética no exercício religioso, que envolve fundamentalmente a defesa INTEGRAL da VIDA NO PLANETA TERRA e a VIDA DOS SERES HUMANOS. Assinam esta nota os seguintes coletivos:

UNIÃO ESPÍRITA CEARENSE DE UMBANDA/UECUM
(54 Anos de Luta no Ceará!)
REDE NACIONAL DE RELIGIÕES AFRO-BRASILEIRAS E SAÚDE/RENAFRO FORTALEZA
(15 Anos de luta no Brasil!)
NÚCLEO DE EDUCAÇÃO PARA A PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL DE JUAZEIRO DO NORTE (NEPIR);
CONSELHO LGBT DE JUAZEIRO DO NORTE;
CONSELHO DE MULHERES DE JUAZEIRO DO NORTE;
LABORATÓRIO INTERDISCIPLINAR DE ESTUDOS DA VIOLÊNCIA (LIEV);
NÚCLEO DA DIVERSIDADE DE JUAZEIRO DO NORTE;
FOCARLGBT;
ASSOCIAÇÃO NORDETINA LGBT;
ARTGAY CEARÁ (ARTICULAÇÃO NACIONAL DE GAYS);
REDE DE AWÓS DO CEARÁ (REAWCE);
NÚCLEO RENAFRO CARIRI.

Assessoria de Comunicação


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.