Caminhoneiros do Cariri querem ver na bomba de combustível os efeitos da negociação


Caminhoneiros do Cariri querem ver na bomba de combustível os efeitos da negociação 
(Foto: Guto Vital/Agência Miséria)
A paralisação dos caminhoneiros completa o oitavo dia nesta segunda-feira (28). 
Na Região do Cariri, os motoristas afirmam que só finalizam a greve quando de fato as 
negociações surtirem efeito. Assista ao vídeo no final da matéria.

Já o Governo Federal alega ter cedido em pelo menos 12 itens da pauta do movimento. 
O pode público afirma ainda que tem tentado solucionar pelo menos a metade dos pontos 
de bloqueio em diversos Estados.

Os caminhoneiros dizem não acreditar no avanço das negociações por que a principal 
reivindicação, que é a redução do preço do Diesel, ainda não chegou à bomba dos 
postos de combustíveis.

A repórter Ana Lima conversou com um grupo de caminhoneiros em Juazeiro do Norte. 
Eles também aguardam a prometida redução de 10% no preço do diesel e negam a 
acusação por parte do Governo Federal de que o movimento tenha sido produzido por 


Por João Boaventura Neto
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.