Exclusivo! Agricultor foi morto com tiro de espingarda de grosso calibre em Lavras da Mangabeira

Assassinato de Andrei está envolto em mistério por enquanto 
(Foto: Reprodução/Redes sociais)

Quase três semanas após um novo homicídio foi registrado 
em Lavras da Mangabeira se constituindo no segundo do 
mês de maio e o quinto de 2018 no município ou 41,66% 
em relação aos 12 assassinatos registrados no decorrer do 
ano passado. Por volta das 07h30min o agricultor 
Andrei Germano de Medeiros, de 42 anos de idade, foi 
executado com um tiro de espingarda de grosso calibre.

O crime aconteceu no Sítio Espraiado onde o mesmo residia e, 

por enquanto, o caso encontra-se envolto em mistério. 
O corpo de Andrei foi recolhido pelo rabecão para ser necropsiado 
na Perícia Forense de Juazeiro do Norte e policiais militares do 
Destacamento de Lavras da Mangabeira, sob o comando do 
Sargento Xavier, estão diligenciando à procura dos acusados que 
fugiram numa motocicleta.

O outro homicídio deste mês em Lavras da Mangabeira tinha 

ocorrido na manhã do dia 2 com o achado, em um matagal às 
margens da BR-230 no Sítio Carnaubinha (Distrito de Mangabeira), 
do cadáver do ex-presidiário Cícero Dourado França, de 42 anos, o 
"Cícero da Pazinha". Ele morava na Rua Horácio Tavares, 20 
(Bairro Cruzeiro) e apresentava marcas de perfurações à bala. 
A vítima respondia por crimes de tráfico de drogas, assaltos, 
formação de quadrilha e tinha sido raptada na anterior de sua casa.


Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.