Malware rouba dados bancários monitorando o que você faz no computador

A espionagem dos cibercriminosos é feita de forma remota (Foto: Reprodução/ Notícias ao Minuto)


Cibercriminosos estão monitorando atividades em computadores infectados por um trojan, chamado MnuBot, para roubar dados bancários. O software malicioso é capaz de registrar tudo que está sendo digitado, tirar print screens da tela, simular digitações, desinstalar programas e, até mesmo, reiniciar o PC. Isso tudo de forma remota.

O MnuBot foi descoberto por pesquisadores da IBM que garantem que o malware é direcionado para usuários brasileiros.

Se o computador for afetado, o trojan consegue monitorar janelas em primeiro plano ao criar uma área de trabalho. O cibercriminoso é alertado pelo malware no momento em que a vítima está prestes a acessar sites de instituições bancárias, por exemplo. Depois, aguarda "os próximos passos" para roubar dados.

Para saber se o computador está infectado, tente localizar o componente "Neon.exe" - no diretório C:UsersPublicNeon.exe -, que é o responsável por permitir o controle remoto.

A IBM ainda não informou de que forma o malware está se espalhando, mas diz que os internautas devem evitar fazer o download de anexos enviados por e-mails desconhecidos. Também é importante manter o sistema operacional e o antivírus sempre atualizados.

NoticiasaoMinuto

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.