Fim de semana no Cariri com quatro homicídios e duas mortes no trânsito

Bruno e “Cabelinho” foram mortos a tiros, respectivamente, nos bairros Timbaúbas e 
Pedrinhas em Juazeiro, enquanto Lucas tombou sem vida no 
Alto da Penha em Crato (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Subiu de três para sete o número de mortes violentas entre os dois últimos finais de 
semana na região do Cariri. Neste, foram quatro homicídios, duas vítimas fatais em 
acidentes de trânsito e um caso de suicídio. De acordo com levantamento feito pelo 
Site Miséria, foram quatro corpos de Juazeiro e os demais de Crato, Milagres e 
Caririaçu com uma morte na sexta, duas no sábado, três no domingo e outra nesta 
segunda-feira.

Por volta das 19 horas de sexta-feira, na Avenida Leão Sampaio no bairro 
Jardim Gonzaga em Juazeiro, o aposentado Vicente Pereira da Silva, de 76 anos, 
que residia na Rua Geraldo Botelho naquele bairro foi atropelado por uma moto não 
muito distante de sua casa. O piloto José William Santos foi socorrido ao 
Hospital Regional do Cariri, enquanto "Seu Vicente" morreu no local do acidente 
perto do Posto Casarão quando seguia para participar de um culto evangélico a 
do que fazia quase toda noite.

Já às 21 horas de sábado, na Rua Campos Elísios, entre a 
Rua Antonio Dias Sobreira e a Avenida José Bezerra (Timbaúbas) em Juazeiro, 
Cícero Bruno Rodrigues de Freitas, de 28 anos, que residia no bairro Juvêncio 
Santana, foi morto a tiros. Ele trafegava numa moto Honda de cor vermelha e o 
garupeiro Francisco C de C. Lima, de 29 anos, o “Cabeção” que mora na 
Rua Rui Barbosa no bairro Limoeiro, foi socorrido ao hospital. Em abril de 2012 
Bruno já tinha sido vítima de um atentado à faca.

Uma hora depois, na Rua Saturnino Candeia (Bairro Alto da Penha) em Crato, foi 
morto a tiros o menor Lucas Pereira do Nascimento, de 16 anos, que residia na 
Rua Irmã Elvira de Carvalho (Mutirão) naquele município. Uma irmã dele que correu 
apontou como autores dos disparos duas pessoas que conhece por “Toinho” e “Matias”. 
Este último foi preso e negou. Lucas ainda tentou fugir da linha de tiros e caiu no 
penhasco de 30 metros de altura que dá para a área de shows da ExpoCrato. 
Ele respondia procedimentos por furto e porte ilegal de arma de fogo.

Às 13h30min deste domingo, no cruzamento da Rua Francisco Ivo de Sousa com 
a Travessa Ana Maria (Pedrinhas) em Juazeiro, Jeferson Pereira da Silva, de 18 anos, 
o “Cabelinho”, foi morto com seis tiros de revólver entre o pescoço e a cabeça. 
Ele morava na Rua Maria das Dores, 333 perto do Vale do Amanhecer naquele bairro e 
respondia procedimento por roubo de veículo. Segundo testemunhas, os acusados 
fugiram em uma moto Honda Fan preta e outra Bros nas cores branca e preta.

Cerca de quatro horas após uma mulher praticou o suicídio por enforcamento em 
Caririaçu. O corpo de Socorro Barbosa Dias, de 45 anos de idade, foi encontrado no 
interior do quarto de sua casa na Rua Santa Bárbara, 18 no bairro José Agostinho 
naquele município.

Por volta das 18 horas ainda deste domingo morreu em um dos leitos do 
Hospital Regional do Cariri em Juazeiro o aposentado Raimundo José dos Santos, 
de 63 anos, que residia na Rua Auditor Leite de Figueiredo em Milagres. 
Ele pedalava sua bicicleta quando foi atropelado por uma moto e terminou socorrido 
ao HRC, onde faleceu

Às 05h30min da madrugada desta segunda-feira foi encontrado o corpo de um 
homem com a cabeça envolta em sacos plásticos presos com fita gomada, os 
pés amarrados e as mãos amarradas para trás. Supostamente, foi deixado por 
seus algozes na calçada do imóvel 957 da Rua Santa Isabel perto da via férrea no 
bairro Franciscanos. Existem informações que se trata de um morador de rua 
que vivia entre a estação ferroviária e a Praça dos Franciscanos.



Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.