Mulher morre eletrocutada num motor bomba na zona rural de Mauriti


Agricultora morreu eletrocutada num motor bomba na zona rural de Mauriti 
(Foto: Reprodução/Redes sociais)

Mais uma morte em consequência de descarga elétrica foi 
registrada na região do Cariri. Por volta das 13h30min desta 
sexta-feira a agricultora Joaquina Lucena Saraiva, de 65 anos, 
morreu eletrocutada em sua casa no Sítio Cajueiro 
(Distrito de Palestina) na zona rural de Mauriti. 
Segundo familiares, a mesma estava esgotando uma fossa 
quando utilizava um motor bomba.

A agricultora colocou o equipamento em cima de um balde e, 
como sempre acontece, o mesmo fica tremendo no momento 
em que é acionado. No que o motor bomba foi caindo, 
Dona Joaquina tentou segurá-lo pelo fio quando sofreu a 
descarga e teve morte imediata. Uma patrulha do 
Destacamento de Mauriti esteve na localidade e acionou o 
rabecão que recolheu o corpo para ser necropsiado na 
Perícia Forense de Juazeiro.

A última morte em consequência de descarga elétrica no 
Cariri foi no dia 19 de abril em Barbalha. O funcionário público 
da Secretária de Meio Ambiente, 
Cícero Anderson Olegário Sousa, de 26 anos, morreu 
eletrocutado ao ligar um ventilador ao chegar em sua casa na 
Rua T26, número 360 no bairro Bela Vista. Ele ainda foi 
socorrido às pressas por familiares ao 
Hospital São Vicente de Paulo, mas faleceu pouco tempo depois.


Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.