Professora é morta com 26 facadas no Piauí e PM diz que marido é o suspeito


Professora foi morta com mais de 20 facadas no litoral do Piauí (Foto: Reprodução/Facebook)


Uma professora identificada como Selene Veras Roque, de 28 anos, foi assassinada na noite desse domingo (3) no povoado Brejinho, zona rural do município de Luís Correia, litoral do Piauí. Segundo o capitão Valdeci Galeno, da Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTur), o principal suspeito é o marido da professora identificado como Raimundo Neto Pereira, de 32 anos.

De acordo com a Perícia Criminal, a mulher sofreu 26 perfurações de facão dentro da residência onde morava. O crime teria acontecido na cozinha. A PM informou que o crime aconteceu depois que o suspeito buscou a esposa em uma universidade de Parnaíba, cerca de 70 km distante da residência do casal.

“A informação que recebemos é que eles sempre discutiam, mas nada de muito grave. Após cometer o crime, ele correu na casa de um cunhado ao lado e chegou a confessar o que tinha feito. Mesmo sem repassar detalhes, ficou comprovada a confissão. Em seguida ele fugiu”, contou o capitão.

Ainda segundo a PM, o suspeito pode ter tido ajuda de alguém durante a fuga. O facão utilizado no crime foi apreendido dentro da residência do casal. As perfurações atingiram o pescoço, abdômen, tórax, braços e as costas da professora. Logo na entrada da casa a polícia registrou manchas de sangue pelo chão.

“Havia muito sangue no chão da casa. Pelo que analisamos, o esfaqueamento se iniciou na cozinha e terminou na copa. Havia lesões de defesa, principalmente nos braços”, disse a perita criminal, Marcela Sampaio.

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal de Parnaíba. O suspeito é considerado foragido.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.