Poetisa de Assaré continua produzindo; assista ao vídeo



Toinha do Assaré escreve Literatura de Cordel e concedeu entrevista à TV Miséria (Foto: Guto Vital/Agência Miséria )

Aos 55 anos, Toinha do Assaré, (Antônia do Carmo Araújo) possui uma vasta produção de poesia de cordel e uma parte já foi compilada em nove livros.


A poetisa, natural do município de Assaré, é moradora de Juazeiro do Norte há 37 anos, firmou amizade com o poeta Patativa do Assaré ainda na infância.



Foi nessa convivência que ela se apaixonou pela poesia de cordel e cultura nordestina. Os ensaios nos primeiros versos só vieram na juventude, após o falecimento do pai.



A reportagem do site miséria conversou com a poetisa sobre a trajetória de trabalho e produção poética, novos projetos e os detalhes da amizade com Patativa.







Por Ana Lima
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.