Polícia de Araripe prende dupla acusada de assalto com morte de uma mulher


“Nenê” e “Dudu” foram presos esta noite na zona rural de Araripe (Foto: Reprodução/Redes sociais)


Sequenciando as diligências em torno do caso de latrocínio registrado no início da noite do último sábado no centro de Araripe, policiais militares prenderam dois jovens suspeitos de envolvimento no crime. Antonio Antoniel da Silva, de 25, apelidado por "Nenê", e Francisco Eduardo Nunes, de 20 anos, o “Dudu”, são de Ararpina (PE) e moram no Distrito de Dom Leme na zona rural de Santana do Cariri. A dupla foi presa numa casa na Serra da Perua em Araripe que fica perto do distrito onde residem.

Os dois negam participação no latrocínio, mas os PMs já perceberam contradições nas informações passadas pela dupla. Além disso, existem profundas semelhanças com as imagens da câmera de segurança da loja de celulares que foi assaltada e algumas vítimas os reconheceram já que estavam com os rostos descobertos. “Nenê” e “Dudu” estão na Delegacia de Polícia Civil de Araripe para onde foram levados pela patrulha da PM com os Sargentos Roberto e Xavier, o Cabo R. Costa e o Soldado Alencar.

Desde o dia do crime que resultou na morte da comerciante Rita Orlanda da Silva, de 37 anos, que a polícia vinha levantando informações para descobrir o paradeiro dos acusados. “Nenê” responde procedimentos por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, enquanto “Dudu”, segundo a polícia, pratica crimes desde sua menoridade. Em Araripina, são duas tentativas de homicídios, sendo uma delas contra Carlos Sebastião da Costa em maio de 2016.

Além disso, crimes de roubos e estelionato naquela cidade, bem como de ameaça em Bodocó (PE). Já em Santana do Cariri “Dudu” responde procedimentos na comarca local por crimes de porte de arma de fogo e receptação. A polícia já sabe que foram cinco pessoas que praticaram o assalto em Araripe quando um ficou do lado de fora da loja e quatro adentraram o estabelecimento. Agora, a tarefa é descobrir o paradeiro dos outros três.


Por Demontier Tenório
Miséria.com.br
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.