Além das mortes no trânsito, acidentes deixaram 4 feridos em Juazeiro, Crato e Várzea Alegre


Acidente aconteceu no cruzamento da Avenida Floro Bartolomeu com a Rua São Pedro (Foto: Reprodução)

A violência no trânsito neste final de semana na região do Cariri deixou um saldo de cinco pessoas mortas, sendo a maioria com motocicletas e outras quatro feridas. Na sexta-feira morreram João Bosco Silva das Graças, de 41, e Ismael Carlos Ferreira de Barros, de 26, em Jardim. No sábado, Maria Auxiliadora Estevão, de 36, e Marciano de Sousa Freitas, de 28, em Juazeiro e, nesta segunda-feira, André Deodato da Silva, de 27 anos, em Crato

No começo da noite da última sexta-feira foi registrado um abalroamento na Avenida Floro Bartolomeu da Costa no cruzamento com a Rua São Pedro no centro de Juazeiro. Um ônibus da empresa Via Metro colheu uma motocicleta de cor escura, cujo piloto saiu levemente ferido além dos danos materiais no segundo acidente naquele trecho em uma semana. A vítima foi socorrida pelo SAMU ao Hospital Regional do Cariri (HRC).

Já às 22 horas, porém na entrada do Bairro Riachinho em Várzea Alegre, o ciclista Cícero Deusimar Alves, de 30 anos, pedalava o seu veículo quando bateu num poste da rede elétrica. O mesmo apresentava sinais de ter ingerido bebidas alcoólicas e sofreu um corte profundo na cabeça. A vítima foi socorrida pela SAMU ao Hospital São Raimundo de Várzea Alegre e, depois, transferida ao Regional de Juazeiro com suspeita de traumatismo craniano.

Na manhã de sábado uma patrulha da Polícia Militar de Crato esteve na Avenida José Alves de Figueiredo (Bairro Lameiro), onde o motoqueiro Valmir Ribeiro Rodrigues, de 43 anos, residente na Rua Wellington Belém (Bairro Zacarias Gonçalves) naquele município, se envolveu num acidente de trânsito. Ele pilotava uma moto Honda Fan de cor preta e placa PMJ -5965 quando perdeu o controle e caiu dentro do canal, sendo socorrido pelo SAMU ao Hospital São Francisco com escoriações pelo corpo.

Já no acidente das 22 horas, na Avenida Virgílio Távora perto do cruzamento com a Humberto Bezerra (Timbaúbas) em Juazeiro, no qual morreu Maria Auxiliadora Estevão, de 36 anos, que residia no bairro Pio XII, o piloto da moto saiu ferido. Era o namorado dela no caso o guarda noturno Leonildo José da Silva, de 56 anos, o “Gordo”, que estava embriagado e guiava em alta velocidade quando bateu numa carroça e noutra moto. Ele recebeu atendimento na UPA e foi recambiado à cadeia pública.

Por volta das 21 horas de domingo, perto do Bar do Vando no centro de Barro, a polícia prendeu Manuel Alves dos Santos Júnior, de 51 anos, residente na Avenida Zezé Diogo (Praia do Futuro) em Fortaleza. Ele fazia manobras arriscadas nas imediações do posto de combustível Padre Cicero e criando problema com os funcionários do estabelecimento. Uma patrulha da PM o perseguiu e prendeu Manuel completamente embriagado na sua moto Yamaha de cor prata e placa HYR-3506. Ele já responde procedimentos por assaltos, furtos, ameaça, resistência à prisão e injúria.




Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.