Final de semana com cinco homicídios no Cariri e mais cinco mortes no trânsito


Gisvanildo morreu em consequencia de acidente em Juazeiro e Cidcleide foi morta a facada pelo ex-marido em Crato (Foto: Reprodução/Redes Sociais)


Caiu de 16 para dez o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri, levando em consideração que o anterior foi o Feriadão da Independência. Neste, foram cinco homicídios e outras cinco mortes em conseqüência de acidentes de trânsito. Com três corpos cada, Juazeiro do Norte e  Lavras da Mangabeira lideraram o ranking negativo, sendo que os demais foram de Milagres, Crato, Mauriti e Várzea Alegre.

Por volta de 01h30min da madrugada deste domingo o servente de pedreiro Cícero José Oliveira da Silva, de 23 anos, que residia na Rua Padre Cícero bairro do mesmo nome em Lavras da Mangabeira, foi morto a tiros. Ele bebia no Bar Procedimento que funciona em um trailer na Rua Monsenhor Meceno perto da Cagece no centro quando foi baleado. Cícero era usuário de droga e estava sendo socorrido ao Hospital Regional do Cariri em Juazeiro, mas faleceu dentro da ambulância em Caririaçu.

No mesmo horário o agricultor Damião Feitosa dos Santos, de 34 anos, morreu ao dar entrada no Hospital Regional do Cariri em Juazeiro. Ele morava no Sítio Emas na zona rural de Milagres, onde, momentos antes, tinha se envolvido num acidente com sua motocicleta. O mesmo terminou socorrido às pressas e em estado grave ao HRC, porém já chegou sem vida.

Já às 03h30min, na Rua Ozana Pereira (João Cabral), José Carlos Ferreira dos Santos, de 39 anos, foi morto com três tiros. Ele residia na Rua Yoni Rodrigues, 351 naquele bairro, era usuário de drogas, respondia por furto tendo uma mulher como vítima e um homicídio quando foi preso no dia 23 de abril de 2015 perto da Feirinha da Troca no João Cabral por conta de um mandado de prisão em aberto expedido no dia 4 de outubro de 2004 pela Comarca de Juazeiro.

Uma hora depois morreu num dos leitos do HRC o jovem Gisvanildo de Oliveira Neco, de 19 anos, que residia na Rua Antonio Dias Sobreira (Limoeiro) em Juazeiro. Às 20h30min de sábado ele foi atropelado nas imediações da Escola Edward Teixeira Férrer (Franciscanos) por uma moto da Guarda Civil Municipal a qual, supostamente, perseguia um suspeito de furto que trafegava noutra moto. O GCM Aparecido pilotava o veículo atropelador, fraturou o maxilar e será submetido a uma cirurgia de face.

Às 08h30min o aposentado Adão Rosendo de Sena, de 76 anos, foi morto a tiros dentro de sua casa na Rua Aluízio Teixeira perto do Lions Club no centro de Lavras da Mangabeira. Momentos antes populares viram um homem encapuzado numa moto por àquela rua. Ele respondeu Ação Penal por homicídio, em abril de 1999, contra Manoel Benício Bezerra quando foi absolvido pelo Conselho de Sentença do Tribunal do Juri de Lavras da Mangabeira em maio de 2002.

Por volta das 13h30min, na rodovia de acesso ao Distrito de Iborepi em Lavras da Mangabeira, Ricardo de Souza, de 41 anos, que residia na Rua Bela Vista (Bairro Araçá) em Aurora, dirigia um veículo Corola de cor cinza e placas de Recife (PE), quando perdeu o controle e capotou várias vezes. O carro desceu uma ribanceira e a vítima terminou arremessada do mesmo, morrendo no local. Uma criança de 12 anos sofreu ferimentos leves e foi socorrida por populares ao hospital de Aurora.

Já às 22 horas o aposentado Bonifácio Sebastião da Silva, de 67 anos, morreu após dar entrada no Hospital Regional do Cariri. Ele morava na Rua José Augusto Gonçalves, 114 (Campo Alegre) em Juazeiro e, cerca de quatro horas antes, foi encontrado agonizando num matagal perto de sua casa na Rua Luiz Pedro Gonçalves. O mesmo tinha sido espancado a pauladas na cabeça e terminou socorrido pelos próprios policiais militares. Bonifácio respondia procedimento por tentativa de homicídio.

Às 22h30min na Rua Joaquim Custódio (Bairro São Miguel) em Crato, Cidcleide Bezerra Campos, de 41 anos, foi morta com uma facada pelo ex-marido Francisco Zilmário Figueiredo da Silva, de 48 anos, o ”Mário Mecânico”, que tentou o suicídio. O casal estava separado já que o relacionamento era conflituoso e ele tentava reatar o relacionamento. Na chegada da polícia, Mário se levantou e desfechou novo golpe no pescoço não se matando devido a intervenção dos PMs que tomaram a arma. Ele está internado sob escolta no Hospital São Camilo.

No mesmo horário morreu num dos leitos do HRC Roberto Anastácio de Souza, de 51 anos, que residia na Rua Chagas Sampaio em Mauriti. Três horas antes, ele pilotava sua motocicleta pela rodovia estadual CE-384, entre Mauriti e a divisa com o estado do Paraíba, quando foi abalroado por um veículo. Imediatamente, terminou socorrido ao hospital, mas faleceu pouco tempo depois em virtude do agravamento do seu quadro clínico.

Já no início da madrugada desta segunda-feira houve um acidente no Distrito de São Caetano na zona rural de Várzea Alegre. O aposentado Miguel Canuto de Lima, de 66 anos, viajava com um amigo num Fiat Uno Mille de cor verde e placas HWU-1204 quando pararam na estrada para fazer necessidades fisiológicas. O carro foi abalroado por outro atingindo Miguel que sofreu fraturas expostas nas pernas, sendo socorrido pelo SAMU ao Hospital de Várzea Alegre, mas faleceu pouco tempo depois.




Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.