Internos de uma casa de dependentes químicos foram mortos a foiçadas em Milagres


(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Um duplo homicídio foi registrado neste domingo e descoberto com o achado por populares de dois cadáveres ao lado de uma foice suja de sangue e quebrada às 8 horas no Sítio Coqueiros a uma distância média de 5 Km para o centro de Milagres. Os cadáveres estavam perto de uma casa de apoio para dependentes químicos naquele município e os dois eram internos do estabelecimento.


Raimundo Pereira Gonçalves completaria 54 anos na próxima terça-feira e era de Altaneira, enquanto Fabrício de Oliveira Pontes, de 35 anos, residia em Crato. Além de usuário de drogas, este último respondia por crimes de assalto e receptação quando foi preso em agosto de 2013 no Crato juntamente com Tereza Cristina Nogueira Martins, de 33 anos. Outro procedimento que Fabrício respondia era por ameaça, em janeiro de 2007, contra Maria Alves Tomaz



Com esse duplo homicídio já são três assassinatos neste mês de setembro em Milagres e dez no decorrer do ano ou dois a mais que os oito registrados no ano passado. O outro deste mês tinha acontecido no dia 19 com a morte do agricultor Francisco Tavares de Oliveira, de 52 anos, o “Eliézio”, no Hospital Geral de Brejo Santo. Na noite anterior ele retornava em uma moto da Vila Sol Nascente para casa no Sítio Genipapeiro em Milagres quando foi baleado por dois homens noutra moto.





Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.