Completou um mês de execução de comerciante em Icó


(Foto: Richard Lopes)

Continua envolto em mistério a execução do comerciante 
Francisco Michel Batista Lourenço, que tinha 31 anos, 
e era solteiro. 

Michel como era mais conhecido, foi executado com 12 tiros 
de pistola, ponto 40, na manhã do último dia 30 de setembro. 
O crime aconteceu na rua 4 de julho, no conjunto São Vicente 
de Paulo, no interior do mercadinho Popular, pertencente a 
vítima, e ontem completou um mês. 

Por volta das 7:30 daquela fatídica manhã, Francisco Michel 
foi surpreendido por uma dupla em uma moto, sendo um dos 
matadores de capacete, e alvejado com vários tiros, tendo 
morte imediata. Os criminosos fugiram sem nada levar.

Michel foi executado com dois tiros na perna direita, dois no 
tórax e 8 na cabeça. O jovem comerciante era bastante 
conhecido na cidade e não tinha passagens pela polícia. 
A morte do comerciante deixou a população revoltada .
O inquérito policial foi instaurado pelo delegado regional de 
polícia civil George Alexandre Irineu Segundo, e, até o 
momento, segundo o delegado, não há nada de indícios que 
liguem a uma determinada pessoa para o crime.

Com informações do correspondente Richard Lopes


Por Agência Miséria
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.