Dois homens são detidos com 51 aves silvestres no Grande Recife


Pássaros silvestres da espécie galo de campina foram apreendidos no Grande Recife (Foto: Reprodução/ G1)


Dois homens foram detidos e 51 pássaros silvestres foram apreendidos no sábado (13), na feira do bairro de Cavaleiro, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Os suspeitos, de 30 e 41 anos, foram presos por tráfico de animais silvestres.

A apreensão foi feita durante a Operação Feira Livre, realizada pela 1ª Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma), da Polícia Militar.

Ao todo, foram encontrados 15 galos de campina, nove pássaros da espécie papa-capim, seis mané-magos, seis sanhaçus, cinco da espécie azulão, dois canários-da-terra, um sebito, um caboclinho, um canário belga, uma graúna, um tico-tico, um chorão, um tiziu e um papa-arroz.

Os homens foram levados à Delegacia de Jaboatão, onde assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foram autuados por crime ambiental. Eles foram liberados em seguida.

As aves foram levadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas/Tangará), da Companhia Pernambucana do Meio Ambiente (CPRH), no bairro da Guabiraba, Zona Norte do Recife. No local, eles passam por avaliação para, posteriormente, serem soltas em seu habitat natural.
Guaiamuns, que estavam enrolados em folhas e amarrados a pedaços de madeira, foram apreendidos no Grande Recife — Foto: 
Guaiamuns

Na sexta-feira (12), o Cipoma apreendeu 109 guaiamuns comercializados de forma irregular em Aldeia, em Camaragibe, no Grande Recife. Segundo a PM, os animais silvestres têm carapaças que medem menos de sete centímetros, tamanho inferior ao que é permitido pela legislação. O guaiamum está na lista de espécies ameaçadas de extinção elaborada pelo Ministério do Meio Ambiente.

Ainda segundo a PM, o responsável pela comercialização dos animais não foi localizado. Os guaiamuns foram entregues ao Cetas/Tangará.


G1

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.