Comerciante de 65 anos é preso após estuprar criança de apenas sete anos em Caririaçu


Comerciante Cícero Quirino foi preso e está recolhido à cadeia pública de Caririaçu 
(Foto: Reprodução)

Um caso de estupro de vulnerável foi registrado no final da manhã 
deste feriado de Finados no município de Caririaçu. Por volta das 
11h30min uma patrulha do Destacamento Militar esteve na 
residência de uma mãe a qual denunciou um comerciante daquela 
cidade por crime de estupro contra sua filha de iniciais L. A. S., de 
apenas 7 anos de idade.

Segundo ela, a menina foi até a bodega pertencente ao comerciante 
Cícero Quirino de Aquino, de 65 anos, perto de sua casa e a mesma 
voltou desconfiada despertando a curiosidade da mãe. 
Com dificuldades contou algo do que tinha acontecido e a genitora 
mandou que voltasse ao estabelecimento já que pretendia fazer um 
flagrante as escondidas com o seu próprio aparelho celular.

Ela tinha tomado conhecimento que Cícero abraçara sua filha e 
chegou a esfregar o seu pênis na genitália da menor. A filmagem não 
prestou, mas a própria mãe presenciou a repetição do fato quando 
decidiu avisar à polícia. A patrulha com o Sargento Silva, 
os Cabos Edmario, C. Silva e Balbino e o Soldado Palmeira esteve no 
local e prendeu o comerciante. O flagrante foi ratificado pelo Delegado 
de Polícia Civil, Rafael Mota, em Juazeiro e Cícero Quirino já está à 
disposição da justiça na cadeia de Caririaçu.


Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.