Corpo de uma mulher de 40 anos foi encontrado no sofá de sua casa em Assaré


Corpo foi recolhido pelo rabecão para ser necropsiado na Pefoce em Juazeiro (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)


O corpo da agricultora Lucrecia Alves Ribeiro, de 40 anos, foi encontrado no sofá de sua casa no Sítio Cajazeiras na zona rural de Assaré, nesta segunda-feira, pelo vizinho e irmão do genro dela, Cícero de Oliveira Silva. Imediatamente, tratou de ligar para o Hospital Nossa Senhora das Dores que mandou uma ambulância ao local conduzindo a mulher. Entretanto, apenas a constatação do óbito já apresentando inchaços e manchas pretas no rosto.

A polícia foi avisada e uma patrulha da PM esteve no hospital com os Soldados Palmeira e Aluizio os quais se encarregaram de acionar a Perícia Forense de Juazeiro. Lucrecia morava só e a casa estava intacta apenas uma janelinha entreaberta, mas sem sinais de arrombamento no imóvel ou marcas de violência no corpo. Era uma mulher doente que tomava remédios controlados tudo levando a crer ter sido morte natural. Ainda na semana passada ela esteve no hospital para uma consulta médica.

Além do corpo de Lucrecia, mais oito deram entrada para serem necropsiados na Pefoce de Juazeiro, porém de vítimas de mortes violentas. Eis a relação por idades e motivos:

Cleiton da Silva de Lima, de 19 anos, acidente com moto em Missão Velha

Fábio dos Santos Santana, de 22 anos, morto a tiros e fogo em Barbalha.

Diego Miramar Bezerra, de 22 anos, morto a tiros em Salitre.

Antonio Anderson Rodrigues dos Santos, de 23, acidente com moto em S. do Cariri

Antonio João do Nascimento Santos, de 28 anos, morto a pauladas em Brejo Santo.

Josimar Paulo Bento, de 37 anos, o “Boquinha”, morto a tiros em Jardim.

Cícero Souza dos Santos, de 60 anos, acidente com moto em Barbalha

Francisco Izidio Freire, de 72 anos, atropelado por moto em Santana do Cariri




Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.