Dois duplos homicídios são registrados em Fortaleza na noite do domingo (4)


Casal foi assassinado no lugar de outra pessoa no bairro Messejana (Foto: Reprodução)


Dois duplos homicídios foram registrados em Fortaleza na noite deste domingo (4), um no bairro Jardim América e outro em Messejana. Em um dos casos, um casal foi executado porque estava conversando com o alvo dos atiradores, que foi baleado na ação.

No Jardim América, foram mortos Davi Silva Araújo e outro homem que estava com ele, mas não foi identificado por estar sem documentos. Segundo a Polícia, as vítimas foram abordadas aos sair de casa por três indivíduos que  estavam do outro lado da rua na Travessa Magalhães. Houve troca de tiros. Davi e o colega foram mortos no local e um dos suspeitos foi atingido na perna. 

A Polícia informou que as duas vítimas eram envolvidas com o tráfico de drogas. No local, os moradores disseram que os suspeitos estavam bebendo na calçada, esperando o melhor momento para agir. 

Suspeito foi preso momentos após o crime

Segundo a Polícia Militar do Ceará (PMCE) o suspeito ferido foi preso em flagrante logo após o duplo homicídio. Hyago Arcanjo de Lima, de 23 anos, foi capturado após dar entrada num hospital e foi levado para a sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foram realizados os procedimentos cabíveis.

Hyago tem antecedentes criminais por tráfico de drogas, receptação e associação para o crime. Segundo a PMCE, o suspeito admitiu que estava envolvido no tiroteio que levou às duas mortes. "A arma utilizada para atirar contra as vítimas caiu no momento em que ele foi atingido por disparos de arma de fogo", informou o órgão. Os comparsas de Hyago estão foragidos.

Casal é assassinado no lugar de outra pessoa Messejana

Em Messajana, um casal foi morto a tiros também na noite do domingo (4). As vítimas foram identificadas apenas como Régis , 26 anos, e Tamires, 24 anos. Os dois estavam conversando com uma terceira pessoa que seria o alvo dos bandidos quando foram executados. Testemunhas informaram que houve uma intensa de tiros no local.

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, um grupo com mais de 10 pessoas tentou executar o homem identificado apenas como "Manelzinho", mas atingiu apenas o casal que conversava com ele. Manelzinho foi atingido e socorrido pelos amigos para um hospital.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.