Camilo Santana sobre Milagres: "O fato é que estavam preparados para assaltar dois bancos e não conseguiram"


Camilo Santana, governador reeleito, comenta conflito que terminou em tragédia, em Milagres (Foto: Divulgação)


O Governador reeleito do Estado do Ceará, Camilo Santana, comentou o conflito armado na tentativa de assalto a agências bancárias em Milagres. 

Para o Governador a investigação será crucial para entender o que de fato aconteceu na madruga desta sexta-feira, 7, quando um grupo armado fez uma família inteira de refém e escudo humano ao tentar assaltar agências bancárias e se deparar com policiais militares.

"É estranho um refém de madrugada no banco", disse Camilo. "Vamos aguardar essa investigação". Mais cedo, o secretário de Segurança Pública, André Costa, afirmou que "é muito difícil de longe, fazer um julgamento sobre a ação dos policiais no meio de um tiroteio".

O Governador ponderou a atuação policial, afirmando que o trabalho dos agentes foi cumprido ao afirmar que "o fato é que estavam preparados para assaltar dois bancos e não conseguiram assaltar nenhum". 

E aproveitou a oportunidade para reforçar a necessidade de um Centro de Inteligência para operações policiais. "Sem inteligência e sem integração das informações, dificilmente conseguiremos combater essas organizações criminosas", afirmou Camilo.

Com informações do Diário do Nordeste




Por Alana Soares/Agência Miséria
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.