Idoso não aceita fim de casamento e mata ex-mulher a tiros em SP


Arma utilizada no crime foi apreendida pela polícia em Bertioga, SP (Foto: Divulgação/Polícia Civil)


A dona de a casa Neuza Alves de Souza Gama, de 57 anos, foi morta a tiros pelo ex-marido Maurílio Carvalho da Gama, de 62 anos, em Bertioga, no litoral de São Paulo, informou a Polícia Civil nesta quarta-feira (26). Para evitar ser preso, o homem tentou suicídio.

O crime ocorreu na casa do atual companheiro de Neuza, localizada na rua Pieres Cubas, no bairro Vila Tamoios, na terça-feira (25). Segundo a polícia, Maurílio conseguiu escalar um muro de quase três metros para acessar o imóvel e encontrou a ex-mulher na cozinha.

A vítima foi surpreendida e atingida por disparos no pescoço, conforme informações da Polícia Civil. A enteada dela, de 11 anos, flagrou o crime e pediu socorro. O ajudante conseguiu fugir em seguida. A mulher foi levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Policiais militares que atenderam a ocorrência foram informados de que Maurílio era o suspeito do crime. Eles seguiram até o imóvel onde o ajudante morou com a vítima e o encontraram. Ele correu para tentar fugir e, em seguida, atirou contra a própria cabeça.

O ajudante foi encaminhado ao Hospital Municipal de Bertioga, onde, segundo a prefeitura, permanecia em estado "gravíssimo" até a manhã desta quarta-feira. Na casa dele foram encontrados munições e revólver que foram utilizados no homicídio e na tentativa de suicídio.

Segundo a Polícia Civil, Maurílio não aceitava o fim do casamento com Neuza, que já havia assumido um novo relacionamento. O caso foi registrado como homicídio qualificado pelo feminicídio (crime contra a mulher) na Delegacia Sede da cidade.

Fonte: G1

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.