Fortaleza e Região Metropolitana têm série de ataques durante a madrugada


Uma bomba explodiu num viaduto, ônibus e topic foram incendiados, e houve depredação do patrimônio público (Foto: Reprodução)


Chega a cerca de 43 o número de ataques criminosos registrados em Fortaleza, Região Metropolitana e Interior. Os atentados ocorreram entre a noite de quarta-feira (2) e a madrugada de sexta-feira (4). A Polícia já capturou pelo menos 18 pessoas, sendo onze autuadas em flagrante, sob suspeita de envolvimento nos incêndios a veículos e dano ao patrimônio público.

Durante a noite de quinta-feira (3) e a madrugada desta sexta-feira (4) foram registrados ataques a agências bancárias, incêndio em veículos apreendidos em delegacias, apreensão de dinamite, incêndio em prefeitura da Região Metropolitana, entre outros.

No início da tarde, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) anunciou a redução da frota de transporte coletivo e o desvio dos locais em que aconteceram os ataques como parte do plano de contingência para garantir a segurança dos passageiros.

Na BR-020, no município de Caucaia, foi registrada uma explosão num viaduto da cidade. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no local foram encontrados explosivos e uma das colunas do equipamento teve a estrutura comprometida. Ninguém ficou ferido. Fotossensores do município também sofreram avarias.

Uma equipe de engenheiros do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes do Ceará (Dnit) foi nesta manhã ao viaduto da BR-020, em Caucaia, para avaliar as condições estruturais do equipamento após a explosão. Os técnicos avaliam se há risco de desabamento do equipamento.

No Conjunto Planalto Caucaia, uma topic foi incendiada na Rua 114. Conforme a Polícia, o ataque aconteceu por volta das 3h da manhã. O Corpo de Bombeiros foi acionado para o local.

Fortaleza

Na Capital, no segundo dia de atentados, foram registrados ataques a delegacias nos bairros João XIII e José Walter. No 27º Distrito Policial. um veículo chegou a explodir após criminosos atearem fogo nos carros estacionados em frente a delegacia. As chamas chegaram a atingir fiação e houve queda de energia na região no momento da explosão. Já no 8º Distrito Policial, no José Walter, uma dupla também tentou incendiar veículos apreendidos que estavam no entorno da delegacia. Os policiais perceberam a ação e os suspeitos não conseguiram concluir o ataque.

Agências bancárias e uma lotérica também foram alvo dos criminosos durante a madrugada. Na Avenida Francisco Sá, uma agência da Caixa Econômica foi incendiada; na Avenida Pontes Vieira, uma agência do Bradesco foi metralhada e, no Jardim Iracema, uma lotérica sofreu uma tentativa de incêndio, mas as chamas foram contidas pelos moradores e o local ficou parcialmente destruído. 

O prédio do Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran), no Bairro Maraponga, foi atacado e houve relatos de incêndio no local. As chamas teriam atingido veículos apreendidos que ficam guardados no pátio do órgão. Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas e controlaram o incêndio. Já o cruzamento das avenidas Coronel Carvalho com Francisco Sá, na Barra do Ceará, chegou a ser interditado por conta da apreensão de um carro com explosivos. O esquadrão antibombas foi acionado para a ocorrência.

No Conjunto Palmeiras quatro homens encapuzados invadiram um posto de gasolina e tentaram atear fogo. Segundo o proprietário do estabelecimento, os suspeitos chegaram a derramar combustível, mas a polícia chegou em seguida. Os homens fugiram.

Durante a onda de atentados também foram registrados ataques a ônibus, na comunidade do Dendê, no bairro Edson Queiroz; dois na Avenida Cônego de Castro, no Parque Santa Rosa. Nas três ações, os veículos ficaram destruídos pelas chamas e, no segundo ataque ocorrido no Parque Santa Rosa, um casal de idosos e o motorista ficaram feridos. Outros dois ônibus foram queimados, nos bairros Mucuripe, Barroso, Henrique Jorge, Castelão e Planalto Airton Senna. Em nota, o Sindiônibus contabilizou, ainda, dois ataques que resultaram em queima parcial de ônibus, um no Bonsucesso e outro na Serrinha. 

Na manhã de sexta-feira (4), um novo coletivo foi atacado no bairro Bom Jardim. Segundo os moradores, o crime ocorreu por volta das 5h. 

No bairro Santa Maria, na Grande Messejana, dois homens foram presos e um adolescente de 14 anos foi apreendido suspeitos de atacar fotossensores na Avenida Dionísio Leonel Alencar. Conforme a PM, o trio estava jogando pedras no equipamento e um deles chegou a subir na estrutura onde a câmera fica instalada. O adolescente foi encaminhado para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e os dois homens para o 30º Distrito Policial.

Por conta dos ataques, a frota de ônibus na Capital foi reduzida na quinta-feira (3), segundo a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor).

Também foram danificados fotossensores no bairro Moura Brasil, e no Quintino Cunha, um semáforo foi quebrado, segundo a SSPDS. Na Barra do Ceará e no Bom Jardim, os ataques foram em câmeras de videomonitoramento da Secretaria.

De acordo com a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), disparos de arma de fogo foram efetuados contra a porta de uma agência bancária no bairro Otávio Bonfim. E no bairro Damas, um artefato de fabricação caseira foi arremessado contra um posto de combustíveis. Um funcionário conseguiu debelar as chamas e ninguém ficou ferido durante a ação. 

Canindé

Em Canindé, um trator e um caminhão foram incendiados. O primeiro atentado ocorreu por volta das 20h de quinta-feira (3) e o segundo, de 0h18 desta sexta-feira (4). 

Maracanaú

Em Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza, foram registrados pelo menos dois ataques durante a noite desta quinta-feira (3). Em um deles, o alvo foi uma agência da Caixa Econômica, no Bairro Pajuçara, que ficou destruída após ser incendiada.

Conforme a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), um grupo invadiu a agência bancária com um carro, quebrou as vidraças e em seguida incendiou o local e o veículo. Os suspeitos estariam acompanhados de um grupo que deu apoio à fuga. 

Ainda durante a noite, o Palácio Municipal da Prefeitura de Maracanaú também foi atacado. Uma das salas no térreo, que estava em reforma, foi incendiada. A ação não resultou em vítimas e o fogo foi controlado. Ninguém foi preso.

Caucaia

A agência do Bradesco na Rua Coronel Correia, no Centro de Caucaia, teve a fachada atingida por tiros na noite de quinta-feira (3). A ação aconteceu por volta de 23h20. Os tiros quebraram parte da vidraça da agência.

Eusébio

Um suspeito foi morto ao tentar destruir um radar de velocidade que fica instalado na CE-010, na noite desta quinta-feira (03), no município do Eusébio, na Região Metropolitana. Uma viatura da Polícia Militar passava pela rodovia e teve troca de tiros. O suspeito morreu no local.

O PM foi baleado e levado para a UPA da região. Devido a gravidade dos ferimentos, o PM foi encaminhado para o Instituto Doutor José Frota, em Fortaleza.

Pacatuba

Veículos que estavam estacionados em frente o 24º Distrito Policial, no município de Pacatuba, Região Metropolitana de Fortaleza, foram incendiados na noite desta quinta-feira (3). A ação foi confirmada pela Polícia Militar. Não há informações de feridos.

Tianguá

Um ônibus escolar foi incendiado no pátio de uma oficina no município de Tianguá, Região da Ibiapaba, na noite desta quinta-feira (3). O ataque aconteceu por volta de 21h30. Conforme a Polícia Militar, um veículo prata, modelo Prisma, passou pelo local e jogou um líquido no veículo e em seguida ateou fogo.

Ainda segundo a PM, a oficina onde o veículo estava estacionado presta serviços para a prefeitura do município, inclusive com a manutenção das viaturas da polícia. A polícia não tem informações se o fato teria ligação com o atentado.

Pindoretama

O Centro Cultural de Pindoretama foi atingido por um incêndio criminoso. No local ficam estacionados os ônibus escolares do município. 

Horizonte

Em Horizonte, outro ataque criminoso registrado nesta quinta-feira (3) destruiu 6 veículos no estacionamento do Departamento Municipal de Trânsito de Horizonte (Demutran). Segundo a Polícia, quatro pessoas estão envolvidas no crime, que ocorreu por volta das 4h40 da manhã. O grupo utilizou coquetel molotov para provocar os incêndios. 

Dos seis veículos, cinco eram utilizados pela Secretaria de Justiça e um pelo Demutran.






Por Diário do Nordeste
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.