Aliado de Bolsonaro quer Escola Sem Maconha, com PM dando aula


Evangélico, Pastor Eurico quer proibir o "debate ideológico" sobre a droga (Foto: Reprodução)


Tramita na Câmara proposta do evangélico Pastor Eurico (Patriota-PE) que institui no país o que batizou de Escola Sem Maconha. Trata da inclusão na grade escolar, a partir do 5º ano, a disciplina sobre os malefícios da maconha.

Diz que não será permitido “debate ideológico” sobre a droga, mas apenas científico.

E, para proferir essas aulas, o pastor quer policiais militares explicando o tema para as crianças.  Não especificou se fardados ou à paisana.

Fonte: Veja

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.