Vendedor de jóias foi morto a tiros após discussão banal no João Cabral em Juazeiro


Rogério foi morto com um tiro na coxa em Juazeiro (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Após exatamente uma semana sem o registro de homicídios em Juazeiro do Norte um 
homem foi assassinado por volta das 21h30min desta sexta-feira no trecho entre as 
ruas Capitão Coimbra e Avenida Paraíba (Pirajá). O vendedor de jóias 
Rogério da Silva Alves, de 36 anos, residia na Rua Joaquim da Rocha naquele bairro 
e estava ingerindo bebidas alcoólicas na calçada da casa de sua irmã.

Segundo testemunhas, uma pessoa ali chegou e começou a travar uma discussão com 
a vítima deixando o local em seguida. Entretanto, logo retornou já sacando uma arma de 
fogo e efetuando disparos. Rogério foi atingido com um projétil na coxa e morreu no 
local enquanto o seu algoz fugiu e não foi localizado nas diligências feitas por militares 
do Policiamento Ostensivo Geral (POG).

Esse foi o sexto homicídio do mês de março em Juazeiro e o 23º do ano no município. 
O último tinha acontecido na tarde do dia 8 quando o jovem Edson da Silva Santos, de 
24 anos, que residia em Araripe, foi morto a tiros por dois homens numa moto dentro de 
seu Voyage de cor branca. Ele trafegava pela Avenida Padre Cícero no bairro São José, 
momentos após sair do DETRAN. O mesmo era suspeito de um homicídio e envolvimento 
com o tráfico de drogas.


Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.