Ambientalista questiona licenciamento de mineração em Minas Gerais - Araripe News

Ambientalista questiona licenciamento de mineração em Minas Gerais


Ambientalista questiona licenciamento de mineração em Minas Gerais (Foto: Reprodução/ G1)


A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Brumadinho, que investiga o rompimento da barragem da Vale, ouviu, nesta quinta-feira (11), a ambientalista Maria Tereza Corujo, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

Ela é membro do Conselho de Política Ambiental de Minas Gerais (Copam) e foi convidada pelos deputados para participar da reunião na ALMG, na Região Centro-Sul da capital mineira. A ambientalista questionou os processos de licenciamento para a atividade mineradora no estado.

Maria Tereza Corujo disse que não existe fiscalização adequada ao longo dos processos de renovação de licenciamentos e que os órgãos confiam no que é apresentado pela mineradora. Ela lembrou que foi a única que votou contra a renovação do licenciamento do Complexo Jangada-Feijão até 2032.

A ambientalista sugeriu aos deputados que mantenham o veto do governo a um Projeto de Lei que facilitaria a concessão de licenciamentos. O texto liberaria licenças, caso os órgãos públicos não dessem resposta, após 120 dias, para grandes empreendimentos; e 60 dias, para pequenos.

Ela alega que a medida traria insegurança para Minas Gerais. Este é um dos vetos que trava a pauta do plenário desta quinta-feira.

De acordo com a Defesa Civil de MG, até agora, 225 mortos foram identificados e 86 pessoas continuam desaparecidas devido rompimento da barragem da Vale, no dia 25 de janeiro deste ano.

G1

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.