Haddad insinua homossexualidade de Carlos Bolsonaro durante briga online - Araripe News

Haddad insinua homossexualidade de Carlos Bolsonaro durante briga online


Haddad insinua homossexualidade de Carlos Bolsonaro durante briga online (Foto: Reprodução)


O Brasil parece mesmo estar virado ao avesso. Em meio às prestações de conta dos 100 primeiros dias de governo, situação e oposição vivem clima de campanha. Derrotado no segundo turno, o petista Fernando Haddad protagonizou, nesta quinta (11), uma breve discussão com o filho do presidente, o vereador carioca Carlos Bolsonaro (PSL), através do Twitter.

Nesta manhã, Haddad resgatou uma postagem de Jair Bolsonaro (PSL) da épocas das eleições na qual o então candidato criticava o programa Bolsa Família, classificando o projeto como "bolsa-farelo". Em resposta, Carlos escreveu "chora, marmita" para o petista, que retrucou com a pergunta "priminho tá bem?". 

A resposta do petista foi encarada por alguns internautas como uma provocação que poderia estar insinuando que o filho do presidente seria homossexual. Carlos há pouco esteve no centro de um debate onde a sua relação com o primo conhecido como Léo Índio foi questionada.

Os rumores começaram quando algumas fotos onde os dois apareciam juntos com frequência foi pauta no site de notícias O Antagonista, onde uma nota dizia que os dois dividiam apartamentos. A resposta de Carlos ao site inflamou mais ainda a discussão. Os dois negam a proximidade.

A troca de farpas entre Haddad e o filho do presidente reflete o modo de externalizar as divergências políticas na "era Bolsonaro". O Twitter, além de se um dos meios mais usados pela presidente para divulgar ações, vem sendo palco de troca de acusações inclusive entre membros da base de apoio ao governo, como a deputada  Joice Hasselmann, líder do governo na Câmara e o deputado Kim Kataguiri, do Democratas. 


Discussão entre Haddad e Carlos Bolsonaro (Foto: Reprodução/ Twitter)



Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.