Homem matou a tiros sua ex-companheira ontem em Juazeiro e está foragido - Araripe News

Homem matou a tiros sua ex-companheira ontem em Juazeiro e está foragido


Severo está sendo procurado pela polícia após matar Rosimeire 
(Foto: Reprodução/ Redes sociais)

Mais um crime de feminicídio foi registrado no Cariri se constituindo no terceiro 
deste ano na região com um em Crato e este o segundo de Juazeiro do Norte. 
Por volta das 20 horas desta terça-feira Maria Rosimeire de Santana, de 38 anos, 
foi baleada na porta de sua casa na Rua 11 Quadra H do Conjunto São 
Sebastião II do Minha Casa Minha Vida no bairro Brejo Seco. Ela ainda foi 
socorrida às pressas por populares ao Hospital Regional do Cariri, mas faleceu 
pouco tempo após dar entrada.

A polícia foi acionada e uma patrulha do Policiamento Ostensivo Geral (POG) 
esteve no local, sendo informada que o ex-companheiro da vítima no caso 
Severo Manoel Dias Neto, de 39 anos, tinha fugido numa moto 
Honda CG 125 Fan KS de cor preta e placa EXE-3324, inscrição de Juazeiro. 
Ele mora na Avenida Castelo Branco (Tiradentes) e não foi localizado nas diligências. 
Segundo testemunhas, Severo se aproximou da ex-mulher já com um revólver 
em punho e foi logo atirando.

Segundo o Escrivão da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), Mário Gomes, ela 
registrou um BO (Boletim de Ocorrência) naquela especializada por crime de ameaça 
no dia 21 de junho do ano passado. Todavia, não representou contra Severo e apenas 
pediu uma medida protetiva no que foi atendida. No dia 21 de novembro, a mesma 
comunicou à polícia sobre o primeiro descumprimento e já no dia 15 de janeiro deste 
ano, o mesmo foi preso embriagado e por ameaças num novo descumprimento

Este foi o segundo assassinato no mês de abril em Juazeiro e o 27º do ano no 
município. O outro foi o transexual Daniel Guedes da Silva, de 21 anos, a “Crislaine”, 
morta a pauladas no bairro João Cabral. Já a outra mulher assassinada este ano em 
Juazeiro foi Natalia Ferreira Barão, de 24 anos, no dia 25 de fevereiro, com um gargalo 
de garrafa no pescoço em uma casa no bairro São José.


Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.